Gallica

Gallica

No próximo dia 28 de abril, a Banda Sinfónica visita o universo musical francês do final do século XIX, primeiras décadas do século XX, dividindo o palco com um jovem mas já conceituado pianista português: Raúl da Costa. O concerto começa com o incontornável Debussy e uma obra que foi inicialmente composta para piano a quatro mãos, e mais tarde arranjada para orquestra pelo próprio compositor. Depois, tempo para ouvir três das dez Pièces Pittoresques de Emmanuel Chabrier, obra que impressionou o grande compositor César Franck: “Acabámos de ouvir algo extraordinário: esta música liga o nosso tempo ao de Couperin e Rameau”. De Poulenc, outra referência da música francesa, a obra escolhida é Aubade: estreada em 1929, é uma declaração de amor matinal que contrasta com a nocturna serenata. O concerto termina com o célebre Pássaro de Fogo, bailado de Stravinski estreado na Ópera de Paris, em 1910, que marcou a história da música e foi um sucesso imediato.