BSP na VI.ª Edição do Festival Internacional de Música de Marvão

BSP na VI.ª Edição do Festival Internacional de Música de Marvão

A Banda Sinfónica Portuguesa apresentou-se no dia 24 de Julho pelas 19h30 no pátio do Castelo de Marvão, dando a conhecer a um público eclético o seu elenco variado e contemplando as diferentes sonoridades características de uma orquestra de sopros, minuciosamente cuidada pelo seu maestro titular Francisco Ferreira. O repertório contemplava música Ibero-Americana, viajando desde Aaron Copland ou Alfred Reed a Duarte Pestana, passando pela estreia da obra “Night and Day” do compositor espanhol Santiago Quinto Serna, presente na plateia. Neste concerto a BSP trouxe a palco a estrela espanhola do trompete Rubén Simeó, exibindo todo o seu virtuosismo na execução deste instrumento. 

A BSP destacou-se pela sua paleta de diferentes sonoridades e uma eficaz e jovial energia musical onde teve uma grande aceitação do público, acabando com grande euforia já ao cair da noite.

Para além do concerto no pátio do castelo, a Banda Sinfónica Portuguesa colaborou na grandiosa produção do concerto Galp, no dia 26 de Julho pelas 21h, uma parceria entre a Marvão Festival Orchestra, Marvão Festival Choir e Banda Sinfónica Portuguesa. Este concerto foi realizado nas ruínas da antiga cidade romana de Ammaia, onde assistiram ao concerto inúmeras entidades e mais de 1000 pessoas. O concerto foi dirigido pelo diretor artístico do festival, Christoph Poppen contando com a participação da soprano Sunhae Im, do contratenor, David James e do barítono Dominik Köninger. 

Com esta participação a Banda Sinfónica Portuguesa assumiu uma vez mais um papel determinante na afirmação das orquestras de sopro contribuindo eficazmente para a difusão cultural de novas obras, músicos e maestros trazendo a este festival uma vertente que até então não tinha sido presenciada. 

Notícia anterior12.º Festival Internacional de Música da Primavera de Viseu
Novidade seguinteVIII Concurso Internacional de Composição